qualidade de vida, saúde

SEMANA DA YÔGA NA ACADEMIA DA VIA VAREJO

Na próxima semana, em 18/02, é o Dia do Yôga e, por isso, a Academia da Via Varejo preparou uma surpresa para os colaboradores da matriz.

De 18 a 21 de fevereiro, todos os colaboradores da matriz têm passe livre na Academia da Via Varejo para as aulas de Yôga. É uma excelente oportunidade para você conhecer essa prática milenar e, quem sabe, torná-la um hábito na sua vida (veja abaixo a programação para as aulas).

Mas o que é Yoga?

O Yôga é uma atividade física que surgiu na índia há milhares de anos com o objetivo de alcançar maior liberdade pessoal, longevidade e autocompreensão. Ele possui três pilares:

  • Exercício: tem como objetivo pressionar os sistemas glandulares do corpo, a fim de aumentar a eficiência dos mesmos.
  • Respiração: é a fonte da vida no corpo e seu controle melhora a saúde, assim como o funcionamento do corpo e da mente.
  • Meditação: permite encontrar o silêncio e a cura para o estresse do cotidiano 

 

Benefícios do Yôga:

  • Diminui o estresse e ansiedade;
  • Promove condicionamento físico;
  • Facilita o emagrecimento;
  • Alicia dores corporais;
  • Controla a pressão e os batimentos cardíacos;
  • Melhora o sono.

Legal, né? Por que não conhecer melhor com aulas práticas e gratuitas?

Confira os horários das aulas, programe-se e participe:

Segundas e terças, das 13h às 14h.

Quartas, das 13h15 às 14h e das 19h15 às 20h15.

qualidade de vida, saúde

JANEIRO BRANCO MÊS DA SAÚDE MENTAL

Janeiro Branco: Participe das Palestras Sobre Saúde Mental

A Via Varejo, proporcionará neste mês palestras exclusivas para sobre Saúde Metal.

O mês de janeiro foi escolhido para conscientizar a população sobre a saúde mental e, com isso, acontece em todo o Brasil a campanha Janeiro Branco.

O tema ganhou um período dedicado à conscientização devido a sua importância para nós, brasileiros. Estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtorno de ansiedade em todo o mundo.

No ranking da depressão, os brasileiros aparecem em quinto lugar, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Por isso, é preciso cada vez mais evidenciar o assunto: fala, discutir e tratar a saúde mental com profissionais especializados.

O Janeiro Branco foi criado em 2014 e busca ainda desmistificar o acompanhamento psicológico em casos de eventualidades mentais e emocionais. A campanha surgiu em Uberlândia, e atualmente é adotada por entidades médicas de todo o Brasil.

Palestras

Para levar conhecimento sobre o tema para os colaboradores da Matriz e Filial 1206 (Praça Ramos), a Equipe de nosso Centro de Cuidado e Prevenção vai ministrar a palestra Saúde Mental – Janeiro Branco.

O psiquiatra Pedro Viana Filho e os psicólogos Rany Machado e Suzana Garcia vão abordar, entre outros temas, a importância de manter uma vida equilibrada, cuidando da saúde mental e emocional, motes da campanha.

Confira:

Matriz
Data: 30/01
Local: São Paulo (Prédio TI)
Horário: 09:00Hs às 12:00Hs

Praça Ramos
Data: 01/02
Local: 07.º Andar
Horário: 11:00Hs às 12:00Hs

qualidade de vida, saúde

AIDS, Se previne com informação e segurança

No dia 1.º de dezembro é celebrado o Dia Mundial contra a Aids. Durante todo o mês, oficializado desde 2017 como Dezembro Vermelho, pessoas e instituições públicas e privadas de todas as partes do país se mobilizam pela conscientização, assistência e proteção contra os riscos de disseminação da Aids e IST (infecções sexualmente transmissíveis).

Este ano, o Via Saúde retoma esse tema para alertar a respeito da importância da prevenção no combate a essa doença.

A Aids não tem cura, não tem grupo de risco, não manda recado. Quem se ama, se cuida sempre. E nesse cuidado, o uso de preservativo não é opcional.

HIV. UM VÍRUS, MUITAS PREOCUPAÇÕES

O vírus HIV, que transmite a Aids, ataca diretamente o sistema imunológico, destruindo as defesas do organismo. Sem resistência, o corpo fica exposto às ações de agentes como bactérias, vírus e parasitas ou à proliferação de células cancerígenas.

Com o organismo debilitado, mesmo as doenças infecciosas mais comuns e simples de serem tratadas podem levar a graves consequências. O Ministério da Saúde e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) alertam que a cada 15 minutos uma pessoa se infecta com o vírus da Aids no Brasil. Só no Estado de São Paulo, 7 pessoas morrem por dia vítimas das complicações geradas pelo HIV.

E aqui vale reforçar sobre o perigo do aumento da resistência do vírus HIV aos medicamentos. Não podemos fechar os olhos para essa realidade.

A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 40% dos portadores do HIV desconhecem que têm o vírus e não dão início ao tratamento com os medicamentos antirretrovirais, que podem impedir a transmissão para outros indivíduos. Entre as pessoas que fazem o autoteste anti-HIV, 30% são homens e 70% mulheres.

O diagnóstico precoce aumenta a qualidade e a expectativa de vida do portador do vírus da Aids que busca tratamento na hora certa.

O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito a partir da coleta de sangue ou por fluido oral. No Brasil, existem os exames laboratoriais e os testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV em cerca de 30 minutos. Esses testes são realizados gratuitamente e de forma anônima pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nas unidades da rede pública e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA).

PRINCIPAIS FATORES DE RISCO, SINTOMAS E CUIDADOS

O HIV é transmitido principalmente por meio de relações sexuais. Em alguns casos, o vírus passa da mãe para o bebê durante a gestação, pelo compartilhamento de seringas infectadas ou em situações muito raras, por transfusões de sangue.

Cuide-se:

  • Use sempre preservativo;
  • Faça exames regulares e exija o mesmo de seu parceiro;
  • Nunca reutilize seringas ou objetos cortantes que possam estar contaminados de sangue;
  • Tenha uma alimentação saudável;
  • Mantenha as vacinas em dia;
  • Evite o consumo de álcool e tabaco.

Sintomas:

  • Emagrecimento não intencional;
  • Fadiga;
  • Aumento dos linfonodos, ou ínguas;
  • Sudorese noturna;
  • Calafrios;
  • Febre superior a 38ºC durante várias semanas;
  • Diarreia crônica;
  • Manchas brancas ou lesões incomuns na língua ou boca;
  • Dores de cabeça;
  • Fadiga persistente e inexplicável;
  • Visão turva e/ou distorcida;
  • Erupções cutâneas e/ou inchaços.

Em caso de dúvida, busque sempre a orientação de um médico especialista.

Abraço, carinho e atenção não transmitem Aids. Muito pelo contrário, é o apoio que fortalece e ajuda a enfrentar todos os obstáculos.

Nunca deixe que o medo, o preconceito ou a desinformação coloquem a sua saúde e a de quem você ama em risco. A sua consciência sobre o assunto e a atitude segura são suas principais defesas. Nunca abra mão de se proteger.

qualidade de vida

Dicas de saúde e qualidade de vida

Dicas especiais de saúde para uma melhor qualidade de vida.

HIDRATE-SE

Beba bastante água durante todo o seu dia.
Acordou? Água, tome água antes das refeições, antes e durante o seu trabalho, no carro, antes do banho e também antes de dormir.

Um corpo desidratado fica mais fraco, sentimos mais fome e comemos mais que o necessário, etc.
Compre garrafinhas, deixe uma no quarto, uma no trabalho, uma no carro. Existem aplicativos que lhe ajudam lembrar de beber água.

Se você não gosta experimente colocar frutas, gengibre, cascas de limão, hortelã, etc, na água para deixá-la mais saborosa.

DURMA O NECESSÁRIO

Nem muito nem pouco, um corpo que não descansa é um corpo que não trabalha direito, que economiza calorias diminuindo seu metabolismo, e que aumenta o apetite por alimentos calóricos em busca de energia rápida.

SEJA MAIS ATIVO

O sedentarismo associado a outras patologias são causas de muitos falecimentos do que outros hábitos de risco. Use mais escadas ao invés de elevadores, use escadas comuns ao invés das rolantes, caminhe com seu dog ou vá a um local apropriado para lazer e caminhe um pouco, evite o uso do carro para fazer compras ou atividades próximas, carregue as sacolas no supermercado e se puder frequente uma academia, mais vai mais uma dica muito importante, pesquise se quem for lhe orientar é realmente um profissional credenciando.

Esta não é apenas uma dica, mas um conselho: Pare de seguir blogueiras fitness que se tornaram “famosas” por inúmeros motivos, menos por serem profissionais em saúde. Pessoas leigas que passam “dicas de saúde e qualidade de vida”, além de estarem “exercendo” atividade ilegal da profissão, suas informações são baseadas em modismos, e não levam em consideração sua individualidade psicofisiológica e biológica. E para piorar ainda vem patrocinadores que pagam de diversas formas para que estes blogueiros (as) mostrarem realidades manipuladas pelo mercado que muitas vezes geram danos à saúde dos fãs e seguidores desinformados.

Vá atrás de um profissional relacionado a sua necessidade, sua saúde física e mental agradecerá mais tarde.

COMA BEM

A alimentação também exerce um papel importantíssimo na nossa qualidade de vida. Se você não é acostumado a tomar café da manhã, experimente mudar um pouco a sua rotina. Consumir frutas, castanhas e cereais pela manhã ajudam a ter “menos” fome durante o dia, fazendo você comer menos evitando os quilinhos a mais.

Agora se você quer uma boa dieta balanceada e especifica, consulte um (a) nutricionista que pratique atividades físicas, absorva e ponha em pratica o máximo possível as informações passadas na consulta

E por fim, cuide da sua saúde mental:

Outro ponto muito importante é a nossa saúde mental. O que você anda fazendo para manter a sua mente saudável e livre de problemas desnecessários? Comece pensando no que realmente vale a pena se importar. Depois pense se aquele problema pode ser resolvido por alguma outra pessoa senão você. Livre sua mente dos pensamentos ruins e pessimistas, seja generoso e sinta-se melhor por isso. O bem-estar provoca o aumento de hormônios da satisfação, deixando você cada dia mais feliz e realizado

Ser saudável te leva a ser mais feliz e isso é uma escolha que só você pode fazer.

Lembre-se: Sua saúde é seu maior bem!

Washington Ribeiro
Ms. Fisiopatologia e Fisiologia – CREF. 001918 – G/SP

atividade física, qualidade de vida, saúde

O uso da Glicosamina e Condroitina.

texto por Washington Luiz Ribeiro

1438818438469

A boa fé de nossos clientes (alunos ou pacientes) não deve ser usada para justificar o uso de certos medicamentos ou suplementos sem evidência científica. A maioria dos clientes, quando dispõe da informação adequada sobre o seu problema musculoesquelético, pode se tratar com maior sucesso.

A Glicosamina ou a glicosamina + condroitina é largamente usada com o objetivo de regenerar ou impedir a degeneração da cartilagem. O problema é que não existe até o momento nenhum estudo amplo que dê subsídio para o uso da glicosamina ou glicosamina + condroitina como um suplemento capaz de tal objetivo.

artrose

A maioria das dores musculoesqueléticas é provocada por fatores mecânico, ou seja, provocada por um movimento ou posição aplicado nos músculos e articulações. A chave para identificar a origem dos sintomas de dores, formigamentos, queimação e dormência, causada pela a artrose, está em compreender os fatores de riscos mecânicos e não por remédios ou suplementos com pouca ou nenhuma evidência científica.

Meu parecer como Fisiopatologista é que seja avaliada a “ergonomia diária” destas pessoas (em casa, no trabalho, etc.), com uma Blitz postural de seus hábitos, ginástica laboral, atividades físicas regulares, mobiliários usados no trabalho onde passam boa parte de seu tempo e também em casa, como a qualidade e condições de seus colchões, travesseiros, cadeiras, etc.

O uso da glicosamina ou glicosamina + condroitina é um assunto controverso.

glucosamina-condroitina1-361b64939fc1efbbd515051437026152-320-0

É importante seguir as sugestões de uma Medicina baseada em evidências, pois assim, se corre menos riscos de submeter às ondas de comercialização e da propaganda agressiva realizada com esse suplemento alimentar.

Alguns estudos mostraram que uma pequena parcela de usuários que fizeram uso da glicosamina ou glicosamina + condroitina, melhorou as suas dores e consequentemente a funcionalidade da articulação, em relação ao placebo. Isso ocorreu somente em alguns casos mais brandos de artrose.

“Pesquisadores da Universidade de Berna, na Suíça, coletaram todas as pesquisas clínicas de qualidade realizadas com condroitina, glicosamina ou ambas, e analisaram seus resultados em conjunto para avaliar se havia algum efeito sobre a dor ou sobre as alterações radiográficas. O artigo (http://zip.net/bnnxnr), publicado esse ano (2017) no British Medical Journal, relatou que nenhum dos medicamentos, usados isolados ou em conjunto, é capaz de trazer algum benefício significativo para os pacientes”.